O paraíso são os outros

Os casais (de pessoas e de animais) visto pelos olhos de uma menina, que baseada no seu poder de observação, nos fala de relacionamentos, ligações, filhos, sentimentos… do amor que a fascina e intriga mas que espera, embora não seja muito boa a esperar, um dia encontrar pois “há tanta gente maravilhosa”. Um livro infantil/juvenil maravilhoso, repleto de sabedoria e humor, inspirado, segundo o autor, numa passagem do livro “A Desumanização” de Paul Satre!

“O amor constrói. Gostarmos de alguém, mesmo quando estamos parados durante o tempo de dormir, é como fazer prédios ou cozinhar para mesas de mil lugares. Mas amar é um trabalho bom. A minha mãe diz.
(…)
Os gatos são casais misturados. Eu acho. Não são fiéis. Os cachorros também não. São fiéis aos donos mas, entre si, não namoram com muito cuidado. A minha mãe explica que o amor também é namorar com cuidado.
(…)
Os casais têm muitos processos para se consumarem. Alguns vestem-se de cores bonitas ou de branco muito limpo, assinam papéis convidam gente para ver. Outros, comem para engordar e convidam gente para engordar com eles. Quem casa, normalmente, engorda de qualquer jeito.
(…)
Estou cada vez mais certa de que o paraíso são os outros.Vi num livro de adultos. Li só isso: o paraíso são os outros. A nossa felicidade depende de alguém. Eu compreendo bem. (…)
o amor é um problema mas a pessoa amada precisa de ser uma solução”

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s