M(o)enarca

Pequenada conversava animadamente, comparando alturas, pesos, mexendo nos vários itens em cima da secretária, nas amostras, nos livros, um alvoroço, a energia do costume, no qual é preciso por ordem constantemente, mandando calar ou relembrando que cada um fale, na sua vez, devagar e sem ser aos gritos. Ora, nada de novo aqui, não estivéssemos nós, os 5, no consultório do pediatra que nos olhava entre o riso, o espanto pela velocidade a que falavam e a energia que emanavam, e o desespero de quem quer saber e dar algumas informações. No meio do reboliço, enquanto pego na pimpolha mais pequena, para ver se acalmava, percebo que o médico me estava a perguntar algo onde só ouvi algo que me soava a “monarca”. Eu, no meio da confusão, de quem não ouviu a pergunta, pensei “Porque estaremos a falar de borboletas? Devo estar a ficar doida!”, vendo o meu ar meio desorientado, o pediatra sorriu e teve pena de mim,  e repetiu “Ela já teve a menarca, a primeira menstruação?”. À saída diz o pediatra “Se calhar, para a próxima, é melhor vir um de cada vez!” Wise man!!!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s