O(s) malcriado(s)!

Bruno Nogueira resume muito bem, no seu Mata Bicho, a questão relativamente à polémica que estourou esta semana, sobre a linguagem/termos utilizados em 2 parágrafos de um livro de Valter Hugo Mãe (incluído do Plano Nacional de Leitura, para o 8ºano). Aqui d´el rei, que pouca vergonha, e um grupo pais acérrimos defensores da moral e dos bons costumes apresentam queixa. O Ministério encaixa, cede e procede à alteração: a obra passou a fazer parte apenas do PNL do ensino secundário. Há uns 2 ou 3 anos atrás aconteceu algo semelhante com um livro de poemas de Alice Vieira. Enfim…

Basta passar nos corredores de qualquer escola, e é asneirada por todo o lado, ouvi-los a conversar entre amigos na rua ou no jardim, observar as coisas e cenas que levam a vida a ver na internet ou as séries das quais são fãs para perceber que, efetivamente, a linguagem do livro em questão, a chocar alguém, só se for os progenitores, pois eles, os filhos e supostos leitores já viram, e todos sabemos que uma imagem vale mais que mil palavras, ouviram e proferiram quase de tudo.

Farta de falso moralismos, pais fofinhos, cutchi cutchi e das cedências mal amanhadas do Ministério face às queixas dos paizinhos!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s