Museu do Dinheiro

Não deixa de ser curioso e irónico que para entrar no Museu do Dinheiro, na reabilitada Igreja de São Julião, passamos por um detetor de metais, no entanto a  entrada é gratuita, bem como a participação em grande parte das suas atividades.

Fomos conhecer este museu que conta a história e a evolução do dinheiro em Portugal, e no mundo, e desfrutar, gratuitamente, de uma das suas atividades para crianças: o teatro infantil “10 contos – O sal e a água”. Um museu interessante e interativo, que tem um leque interessante de atividade para os mais novos desde cunhar moedas com a nossa face  e notas com a nossa cara, tocar num lingote de ouro, observar a entrada de uma caixa forte e ver a “recém descoberta” da Muralha de D. Dinis, construída no século XII, e alguns resquícios da época, “achados” nas obras de requalificação.

Aproveitámos também este dia, uma vez que o Museu Dinheiro é mesmo junto à Praça do Município, para fazer aquilo que chamamos o nosso passeio clássico de Natal: passear na Baixa e deambular pelos seus Mercado de Natal, observar as iluminações de Natal e a azafama das compras Natal e ver o espetáculo de Videomapping no Terreiro do Paço (que este ano foi bastante fraquinho, comparado com os anteriores). Com uns meses de atraso, mas como o Natal é quando o homem quiser, fica o registo… e a sugestão.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s