Cenas que me perturbam!

Suspira profundamente com um ar pesaroso e eu comento “Então rapaz que se passa? Ainda é muito novo para isso! Não me diga que é dos ares da primavera? Alergias, sinergias, empatias?!”. Ele sorri e diz “Não, stôra! É a minha vida! Sei lá… é complicado!”. Tranquilizando o moço digo “Deixe lá tudo se resolve! Pode não acreditar, como eu não acreditei quando mo disseram na sua idade, mas não há melhor vida que a de estudante!”. Argumentos para cá, argumento para lá e o moço aquietou-se e diz um outro “Pensando no que acabámos de falar, não vejo grande diferença entre mim e quem trabalha. Saio de casa todos os dias às 8h00 e regresso perto das 20h00 e nunca páro!” diz desanimado. Espantada digo “Então mas tem 3 tardes livres!” e ele esclarece-me “Pois mas tenho natação, inglês, viola, explicação…”. Ocorreu-me apenas opiniar “Algo não está bem aí!” e ele com um ar resignado diz-me “Pois agora vá lá explicar isso aos meus pais!. Eu e os seus colegas demos de ombros. Troquei um olhar com o aluno do suspiro, o tal que despoletou esta deambulação, assim como quem diz “Há sempre vidas piores que as nossas!” e ele piscou-me o olho acrescentando “Certo, percebido!”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s